Bem-vindo à eBird Brasil

Birding no século 21

Notícias e recurso

Expedição Marambaia

A região da Marambaia, situada na divisa dos municípios de Jaú, Itapuí e Bariri (SP), é uma grande área úmida que abrange a foz do rio Jaú no rio
Tietê, na altura do remanso da Usina Hidrelétrica de Bariri. Além da beleza cênica, a área apresenta uma avifauna riquíssima, que inclui aves características do Pantanal, como o tuiuiú, o cabeça-seca, a água-pescadora, o colhereiro e a anhuma. Observadores de aves da região já registraram no local 185 espécies. Há o potencial de que seja um ponto importante de parada de aves migratórias. A Expedição Marambaia, ocorrida de 10 a 12 de fevereiro de 2017, foi organizada para dar maior visibilidade a essa região, que até o momento não conta com nenhuma proteção legal. Além de tornar a Marambaia conhecida entre birders de outras regiões, a expedição aproximou birders, fotógrafos, sociedade civil e poder público de Jaú e região.

Primeira análise de voz e novos registros do pinto-d’água-carijó

Artigo recém-publicado na revista científica The Wilson Journal of Ornithology (“Primeira Análise de Voz e Novos Registros do pinto-d´água-carijó“) resultado de uma série de incríveis coincidências. Tudo começou no início de agosto de 2015, quando um exemplar de pinto-d’água-carijó (Coturnicops notatus), uma das aves menos conhecidas do mundo e habitante de áreas úmidas sul-americanas, foi achado por uma alma caridosa no centro da cidade de Pelotas.

Desafio eBirder do Mês – Fevereiro

Compartilhar é cuidar. O desafio eBirder do mês de Fevereiro, patrocinado por Carl Zeiss Sports Optics, é sobre passarinhar com os outros. Pode ser um dia no campo com um amigo de passarinhadas de longa data, com quem você tem visitado o mesmo parque local há 30 anos, ou alguém que está apenas começando. Pode ser alguém […]

Em busca do tietê-de-coroa

O tietê-de-coroa (Calyptura cristata), desapareceu duas vezes na história da ornitologia, a primeira no século XIX e a segunda na década de 90. O pequeno pássaro com uma crista vermelho alaranjada e cauda curta não foi visto nos últimos 20 anos. Será que esta espécie ainda existe na natureza? E se for encontrada, o que poderia ser feito pra salvar uma das aves mais raras do planeta? Uma expedição sairá em busca destas respostas, agora no mês de outubro.

Tutorial: Como solicitar dados do eBird para realizar sua pesquisa

Você sabia que pode solicitar dados para o eBird para realizar sua pesquisa?
Sabe aqueles mapas ou artigos científicos que citam o uso dos dados do eBird? Você também pode usá-los!
Os dados do eBird podem ajudar a fazer estimativas de ocorrência, migração ou qualquer outra pergunta que os dados possam te oferecer. Todos os dados que entram no eBird passam por um filtro e se caso algo não estiver dentro do esperado para a localidade ou espécie, nosso corpo de 38 moderadores irá acompanhar mais de perto o registro com o intuito de validar ou ajudar a consertar o erro. Além disso, as listas podem ter fotos e sons para validar o registro. Ou seja, esse pode ser um grande banco de dados para o seu projeto.

eBird Mobile 1.3: códigos de reprodução e comportamento

Uma nova versão do eBird Mobile (1.3) que permite que você marque códigos de reprodução e comportamento em suas listas móveis— está disponível para download em iOS e Android. Esse novo recurso permite que você marque a atividade reprodutiva das aves com maior facilidade. Mais de 110 mil eBirders já utilizaram o eBird Mobile até […]

Desafio eBirder do mês – Setembro

O desafio eBirder do mês de setembro, patrocinado por Carl Zeiss Sports Optics, deixará seus binóculos apontados para o céu. Conforme a estação muda em setembro, o movimento das aves inicia o que talvez seja a melhor parte do ano de um observador de aves: a migração. Esteja você ao norte do Equador no outono, […]

Explore e compartilhe suas passarinhadas com as Páginas de Perfil do eBird!

320.000 eBirders e ainda crescendo…você já olhou suas listas no eBird e já viu seus nomes: pessoas como você, cujos avistamentos você já pode ter dado somente uma olhada, ou seguido regularmente ao longo dos meses e anos. Agora você pode descobrir quem são as pessoas por trás desses nomes explorando as novas Páginas de Perfil do eBird! Seja você um observador de aves de quintal ou alguém que faz listas no mundo todo, as Páginas de Perfil do eBird permitem que você compartilhe suas observações com amigos e toda a comunidade eBird.

Um bilhão de palavras

Se uma foto vale mil palavras, então nós temos 1 bilhão de palavras para oferecer. As contribuições no eBird já totalizam 333 milhões, mais de um terço de um bilhão de observações de aves no mundo todo. Graças aos esforços de todos vocês, o eBird se tornou uma das maiores bases de dados de biodiversidade do mundo todo. Em 31 de julho, atingimos mais um marco: 1 milhão de imagens de aves arquivadas na Macaulay Library.

A redescoberta de uma espécie rara de ave

Em uma saída de campo, enquanto buscava um caminho alternativo para o seu ponto de amostragem, o biólogo e pesquisador Rafael Bessa se deparou com o que seria a maior redescoberta da década: a rolinha-do-planalto (Columbina cyanopis)! A espécie que foi descoberta em 1823 e vista pela última vez 1941, é uma ave rara que […]